What do you see? : revaluation of standards and the Harry Potter Saga

AUTOR(ES)
DATA DE PUBLICAÇÃO

2010

RESUMO

Os livros da série Harry Potter tiveram seu primeiro volume publicado em 1997 e o último em 2007. Desde o princípio, a série passou a exercer um forte apelo sobre leitores de todas as idades e de todos os lugares. O objetivo desta dissertação é investigar esse fenômeno, a fim de identificar os motivos pelos quais a resposta às obras provou ser tão intensa. O corpus de investigação compreende os sete livros que formam a saga: Harry Potter e a Pedra Filosofal, Harry Potter e a Câmara Secreta, Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban, Harry Potter e o Cálice de Fogo, Harry Potter e a Ordem da Fênix, Harry Potter e o Enigma do Príncipe, e Harry Potter e as Relíquias da Morte. Os focos da análise se concentram em três aspectos: a jornada do herói; as diferentes formas de apresentação da ideia de morte; e o tratamento das dicotomias. Como suporte teórico, recorro a estudos sobre mitologia e imaginário, conforme tratados por Joseph Campbell; às considerações morais e estéticas de Umberto Eco sobre conexões entre os reinos vizinhos da Vida e da Literatura; e à abordagem filosófica de Zygmunt Bauman sobre nossos tempos líquidos contemporâneos. O trabalho está estruturado em duas partes. A primeira apresenta algumas hipóteses sobre a pronta aceitação da obra por parte do público leitor e expõe a base teórica sobre a qual se apoiam os arrazoados do trabalho, estabelecendo as conexões necessárias com os pontos investigados. A segunda parte contém minha leitura da série Harry Potter, centrada nos três itens propostos para análise. Ao final da dissertação, espero que minha análise possa contribuir para a discussão sobre o papel que a série Harry Potter desempenha no contexto contemporâneo e também sobre quais paradigmas atuais ela ratifica, questiona ou refuta.

ASSUNTO(S)

english literature literatura inglesa rowling, j.k. harry potter (filme) harry potter imaginário j. k. rowling modernidade imaginary crítica literária liquid modernity

Documentos Relacionados

Finalmente… a Conclusão do TCC em 3 Passos Simples! Se você disser que eu falei isso, eu nego, mas, para mim, a Conclusão do TCC deveria ter outro nome. Algo como: A Doce Arte de Encher Linguiça! Seus professores e orientadores podem até tentar te convencer do contrário. Podem usar inúmeros argumentos para te convencer de que a conclusão do TCC é um elemento fundamental, e, dependendo da retórica do seu professor, você até pode comprar essa bobagem como verdade. Mas se você conhece o Ler artigo

Se você quer aprender Como Fazer Citações para o TCC de forma fácil e não ser acusado de plágio, então, recomendo fortemente que leia esse artigo até o final… E não se esqueça de assistir o vídeo logo abaixo! Imagina só… você fez todo o seu TCC, está aliviado, radiante, tirou um peso das costas… aí, PAH! Seu orientador diz que o seu trabalho tem Plágio e, por isso, vai ser reprovado. Não!!!! Aí vai uma notícia que talvez você não saiba, SE VOCÊ FEZ Ler artigo

Como fazer TCC? Nas últimas semanas tenho visto milhares de alunos com dificuldades, sem saber o que fazer, que simplesmente ficam parados na frente do computador e não conseguem escrever uma única palavra sequer. Neste texto, nós vamos ver como mudar essa situação de uma vez por todas! Alguns alunos me mandam e-mails perguntando Como Fazer TCC passo a passo. Bom, em primeiro lugar, essa é uma dificuldade muito comum, vivida por 99,9% dos alunos de faculdades no Brasil e no mundo! Os outros 0,01% Ler artigo

Um Artigo Científico Pronto em 5 Passos? Como? É exatamente isso que você vai ver aqui. Então, você tem que fazer um Artigo Científico? Esse é modelo do seu TCC? Pode abrir um leve sorriso, afinal, o Artigo Científico é o modelo que menos exige conteúdo de texto. Trocando em miúdos, é o menor dos trabalhos acadêmicos em termos de volume de texto. Assim como todos os demais Trabalhos Científicos e Acadêmicos, o Artigo Científico Pronto tem apenas 3 Elementos: Introdução, Desenvolvimento e Conclusão. E, antes Ler artigo

Para ter um TCC pronto, é preciso perder o medo. E se você está perdido ou se sentido incapaz, você precisa saber: A Culpa não é sua! Descubra Agora a Mentira que te venderam (por um tempo, eu também comprei…) Quem tem medo do TCC? Eu não sei você, mas, durante um bom tempo, eu tive muito! Eu me sentia perdido, sozinho e incapaz de fazer o meu trabalho. Eu tinha certeza de que nuca teria um TCC pronto. E se você acha que o Ler artigo