VISCERAL FAT, PHYSICAL FITNESS AND BIOCHEMICAL MARKERS OF BRAZILIAN MILITARY PERSONNEL

AUTOR(ES)
FONTE

Rev Bras Med Esporte

DATA DE PUBLICAÇÃO

13/01/2020

RESUMO

RESUMO Introdução: O acúmulo de adipócitos em diferentes regiões do corpo pode desempenhar diferentes papéis no metabolismo e no aparecimento de fatores de risco cardiovascular. A maioria dos estudos aponta que a distribuição regional da gordura corporal parece ser mais importante do que o excesso de adiposidade per se. Altos níveis de atividade física estão associados a níveis mais baixos de gordura corporal total e visceral. O treinamento físico militar é de fundamental importância para a saúde e desempenho dos militares do Exército Brasileiro, neste sentido a avaliação física fornecerá dados referentes aos principais benefícios físicos envolvidos nas tarefas militares. Objetivo: Verificar a relação entre a gordura visceral (GV), o desempenho físico e os marcadores bioquímicos de militares do Exército Brasileiro. Método: A amostra foi composta por 41(38,9± 2,2 anos) militares brasileiros, do sexo masculino. A GV foi obtida através de um aparelho de densitometria “Dual Energy X-Ray Absorptiometry”. A análise bioquímica incluiu as dosagens em jejum da glicemia, de triglicerídeos (TG) e HDL-C. O desempenho físico foi avaliado por meio de dois testes (corrida de 12 min e flexão de braços na barra fixa). O teste de Shapiro-Wilk confirmou a normalidade das variáveis. Na sequência foi aplicado o teste de correlação de Pearson, com valor de p < 0,05. Resultados: Foram encontradas correlações negativas e significativas da GV, com o resultado dos dois testes físicos (Barra r = - 0,59; Teste de 12 min r = - 0,61). A única variável bioquímica que apresentou correlação positiva significativa com a GV foi TG (r = 0,44). Conclusão: Os resultados do presente estudo mostraram haver associação negativa significativa entre a GV e os testes físicos. Além disso, encontrou-se uma associação positiva significativa entre a GV e os TG. Nível de Evidência I; Estudos diagnósticos–Investigação de um exame para diagnóstico.ABSTRACT Introduction: Adipocyte volume (fat accumulation) in different parts of the body may play different roles in the metabolism and in the appearance of cardiovascular risk factors. Most studies indicate that the regional distribution of body fat seems to be more important than excess adiposity per se. High levels of physical activity are associated with lower total and visceral body fat levels. Military physical training is of paramount importance for the health and performance of soldiers in the Brazilian Army. In this context, physical evaluation will provide data on the main physical benefits involved in military tasks. Objective: Verify the relationship between visceral fat (VF), physical performance and biochemical markers of soldiers in the Brazilian Army. Methods: The sample consisted of 41 (38.9 ± 2.2 years) Brazilian male military personnel. VF was obtained with a Dual Energy X-Ray Absorptiometry densitometry device. The biochemical analysis included fasting glycemia, triglycerides (TG) and HDL-C levels. Physical performance was evaluated through two tests (12-min run and pull-ups). The Shapiro-Wilk test confirmed the normality of the variables. Pearson's correlation test was then applied, with a p-value of <0.05. Results: Significant negative correlations of VF were found with the results of both physical tests (Pull-ups r = −0.59; 12-min r = −0.61). The only biochemical variable that had a significant positive correlation with VF was TG (r = 0.44). Conclusion: The results of this study showed a significant negative association between VF and physical tests. A significant positive association between VF and TG was also found. Level of Evidence I; Diagnostic studies - Investigation of a diagnostic test.

Documentos Relacionados