Reabilitação da força da língua utilizando biofeedback: relato de caso

AUTOR(ES)
FONTE

CoDAS

DATA DE PUBLICAÇÃO

24/10/2019

RESUMO

RESUMO Esta pesquisa teve o objetivo de relatar um caso clínico em que foi realizada a reabilitação da força lingual com estratégia de biofeedback. Trata-se de uma paciente de 20 anos de idade, cuja avaliação miofuncional orofacial evidenciou diminuição grave de força do terço anterior da língua e alterações na mobilidade e na coordenação linguais. A quantificação da pressão lingual foi realizada por meio do Iowa Oral Performance Instrument durante a elevação, a protrusão e a lateralização, tendo se verificado redução nos valores obtidos em todas as direções medidas em comparação aos padrões de normalidade. Foram realizadas 11 sessões de terapia, com frequência semanal, utilizando estratégia de biofeedback que consistia em jogos computacionais acionados pela língua. Um instrumento encaixado na cavidade oral funcionava como um joystick, sendo método de entrada para jogos digitais específicos. Em casa, a paciente realizou exercícios isométricos de pressão de ponta de língua contra espátula, retração exagerada de língua, afilamento lingual e isotônico de tocar comissuras e lábios alternadamente, diariamente. Após oito sessões, em relação à pressão na elevação, houve melhora de 28,6% para o ápice e 7,1% para o dorso. Quanto à protrusão, houve melhora de 123,5%. Nas medidas de lateralizações esquerda e direita, os valores aumentaram 53,8% e 7,4%, respectivamente. Após 12 sessões, percebeu-se melhora, em relação à avaliação inicial, de 35,7%, 7,4%, 164%, 76,9% e 40,7%, para elevação de ápice, de dorso, protrusão, lateralizações esquerda e direita, respectivamente. Apesar do aumento, valores preconizados na literatura, como normalidade para o sexo e a idade, não foram atingidos com 12 sessões.ABSTRACT This research had the objective of reporting a clinical case in which the rehabilitation of tongue strength with biofeedback strategy was performed. This case report addresses a 20-year-old patient whose orofacial myofunctional evaluation revealed a severe decrease in the force of the anterior third of the tongue and changes in lingual mobility and coordination. The measurement of tongue pressure was performed using the Iowa Oral Performance Instrument (IOPI) during elevation, protrusion and lateralization, and it was verified a reduction in the values obtained in all measured directions, compared with normality patterns. We performed 11 sessions of therapy, with weekly frequency, using a biofeedback strategy that consisted of computer games controlled by the tongue. An instrument embedded in the oral cavity functioned as a joystick as the input method for specific digital games. The patient performed at home the isometric exercises of pressing the tip of the tongue against a spatula, exaggerated retraction of tongue, tongue tapering, and isotonic exercise of touching the commissures and lips alternately, daily. After eight sessions, in relation to the elevation pressure, there was an improvement of 28.6% for the apex and 7.1% for the dorsum. As for protrusion, there was an improvement of 123.5%. In the measurements of left and right lateralization, the values increased 53.8% and 7.4%, respectively. After twelve sessions, it was observed an improvement of 35.7%, 7.4%, 164%, 76.9% and 40.7% in relation to the initial evaluation, for apex elevation, dorsum elevation, protrusion, and lateralization to left and right, respectively. Despite the increase, values recommended in the literature as normal for sex and age were not reached after 12 therapy sessions.

Documentos Relacionados

Um Artigo Científico Pronto em 5 Passos? Como? É exatamente isso que você vai ver aqui. Então, você tem que fazer um Artigo Científico? Esse é modelo do seu TCC? Pode abrir um leve sorriso, afinal, o Artigo Científico é o modelo que menos exige conteúdo de texto. Trocando em miúdos, é o menor dos trabalhos acadêmicos em termos de volume de texto. Assim como todos os demais Trabalhos Científicos e Acadêmicos, o Artigo Científico Pronto tem apenas 3 Elementos: Introdução, Desenvolvimento e Conclusão. E, antes Ler artigo

Como fazer um TCC passo a passo – plágio e softwares de TCC? O que isso tem a ver com seu TCC? TUDO! Ou você não se importa em ouvir do seu orientador: “Seu trabalho tem plágio! Zero!” É… eu sei que você se importa. O problema é que muitos alunos morrem de medo do plágio, mas não sabem exatamente quando ele acontece. Definir o plágio é muito simples. Plágio é Roubar a Ideia do Outro. Simples assim. Quando você usa uma ideia, texto ou Ler artigo

Para ter um TCC pronto, é preciso perder o medo. E se você está perdido ou se sentido incapaz, você precisa saber: A Culpa não é sua! Descubra Agora a Mentira que te venderam (por um tempo, eu também comprei…) Quem tem medo do TCC? Eu não sei você, mas, durante um bom tempo, eu tive muito! Eu me sentia perdido, sozinho e incapaz de fazer o meu trabalho. Eu tinha certeza de que nuca teria um TCC pronto. E se você acha que o Ler artigo

Se o seu (des)orientador pediu para você fazer os Resultados e Discussão no TCC, mas não te explicou o que é isso e nem mostrou Como Fazer, este artigo é para você! Você quer Aprender Definitivamente O Que São e Como Fazer os Resultados e Discussão no seu TCC, não quer? Então, você tem que dar uma olhada no VÍDEO deste artigo. Aprenda de maneira Rápida e Definitiva Como Fazer os Resultados e Discussão no TCC, com exemplos Simples e Objetivos para trabalhos com Pesquisa de Campo Ler artigo

Você sabe o que escrever na introdução do seu TCC? Você já parou na frente do seu computador sem ter a menor ideia sobre a introdução do seu TCC, o que escrever e por onde começar? Eu já passei por isso. E como eu não desejo essa situação para ninguém, é hora de resolver esse problema. Muita gente, mas muita gente mesmo me pergunta: “Amilton, o que eu devo escrever na Introdução do meu TCC?” Aí vai a resposta: A Introdução do seu TCC é Ler artigo