Quais as possíveis complicações da COVID-19 em crianças, e quais cuidados devem ser orientados aos familiares?

DATA DE PUBLICAÇÃO

19/02/2021

RESUMO

Habitualmente as crianças desenvolvem quadros leves e moderados da COVID-19, mas, assim como as demais síndromes gripais, as complicações desta infecção são, fundamentalmente, as respiratórias: Pneumonia e Síndrome da Angústia Respiratória Aguda (SARA). Complicações relacionadas a descompensação de doenças de base também podem ocorrer. Além de recomendar o uso de medicações sintomáticas e hidratação, os familiares devem estar atentos aos sinais de gravidade. Caso presentes, a criança deve ser avaliada imediatamente por um profissional de saúde. Entre os sinais de agravamento do quadro, destacam-se(1):

Persistência da febre por mais de 3 dias ou recorrência dela;

Falta de ar ou dificuldade para respirar;

Ronco, retração sub/intercostal severa;

Cianose central;

Batimento da asa de nariz;

Ritmo respiratório irregular;

Saturação de oximetria de pulso <95% em ar ambiente;

Taquipneia

Extremidades frias, tempo de enchimento capilar < 2 segundos;

Pulsos periféricos diminuídos ou ausentes

Inapetência para amamentação ou ingestão de líquidos;

Diminuição do débito urinário

Piora nas condições clínicas de doença de base;

Alteração do estado mental

ASSUNTO(S)

infecções por coronavirus/complicações saúde da criança

Documentos Relacionados