MUSGOS (BRYOPHYTA) DO PARQUE ESTADUAL DO IBITIPOCA (MG, BRASIL)

AUTOR(ES)
DATA DE PUBLICAÇÃO

2010

RESUMO

As briófitas compreendem plantas avasculares, criptogâmicas, que apresentam dominância da fase gametofítica no seu ciclo de vida. Atualmente, estas plantas estão incluídas em três divisões distintas: Marchantiophyta (hepáticas), Anthocerotophyta (antóceros) e Bryophyta (musgos). Os musgos se destacam das demais briófitas, entre outras características, por apresentarem gametófitos sempre folhosos, com inserção radial dos filídios e rizóides multicelulares. Os estudos recentes da flora de Minas Gerais abordando briófitas são ainda escassos. O Parque Estadual do Ibitipoca ocupa uma área de 1488 hectares, entre os municípios de Lima Duarte e Santa Rita do Ibitipoca, na Zona da Mata Mineira, compreende uma vegetação diversificada, na qual são observadas diferentes fisionomias, destacando-se a Floresta Ombrófila Densa Altimontana, a Floresta Ombrófila Densa Montana e os Campos Rupestres. Estudos prévios, realizados com material de Herbário oriundo da região do Ibitipoca, demonstraram a necessidade de incrementar as coletas de briófitas na área. O presente trabalho teve por objetivos inventariar as espécies de musgos que ocorrem no Parque Estadual do Ibitipoca; avaliar a distribuição geográfica das espécies estudadas; comparar as espécies encontradas nas diferentes fisionomias e indicar os tipos de substratos em que as espécies ocorreram, contribuindo, desta forma, para o conhecimento da flora de musgos do Estado de Minas Gerais. As coletas foram realizadas durante os anos de 2008 e 2009, perfazendo um total de sete coletas em diferentes fisionomias. Foram coletados 382 espécimes de musgos, distribuídos em 24 famílias, 46 gêneros e 90 táxons infra-genéricos, sendo 13 novas citações para Minas Gerais, sendo duas delas novas citações para o sudeste brasileiro. A família mais representativa foi Leucobryaceae, seguida de Orthotrichaceae e Sematophyllaceae. Leucobryaceae foi a família com maior número de táxons infra-genéricos, seguida de Orthotrichaceae, Pilotrichaceae e Sematophyllaceae. A Floresta Ombrófila Densa Altimontana apresentou o maior número de ocorrências e a Floresta Ombrófila Densa Montana evidenciou o maior número de táxons exclusivos. O tipo de substrato em ocorreu o maior número de táxons totais e exclusivos foi tronco vivo

ASSUNTO(S)

ecologia campos rupestres ecologia floresta atlântica musgos atlantic florest campos rupestres ecology mosses

Documentos Relacionados

Você sabe o que escrever na introdução do seu TCC? Você já parou na frente do seu computador sem ter a menor ideia sobre a introdução do seu TCC, o que escrever e por onde começar? Eu já passei por isso. E como eu não desejo essa situação para ninguém, é hora de resolver esse problema. Muita gente, mas muita gente mesmo me pergunta: “Amilton, o que eu devo escrever na Introdução do meu TCC?” Aí vai a resposta: A Introdução do seu TCC é Ler artigo

Um Artigo Científico Pronto em 5 Passos? Como? É exatamente isso que você vai ver aqui. Então, você tem que fazer um Artigo Científico? Esse é modelo do seu TCC? Pode abrir um leve sorriso, afinal, o Artigo Científico é o modelo que menos exige conteúdo de texto. Trocando em miúdos, é o menor dos trabalhos acadêmicos em termos de volume de texto. Assim como todos os demais Trabalhos Científicos e Acadêmicos, o Artigo Científico Pronto tem apenas 3 Elementos: Introdução, Desenvolvimento e Conclusão. E, antes Ler artigo

Se você quer aprender Como Fazer Citações para o TCC de forma fácil e não ser acusado de plágio, então, recomendo fortemente que leia esse artigo até o final… E não se esqueça de assistir o vídeo logo abaixo! Imagina só… você fez todo o seu TCC, está aliviado, radiante, tirou um peso das costas… aí, PAH! Seu orientador diz que o seu trabalho tem Plágio e, por isso, vai ser reprovado. Não!!!! Aí vai uma notícia que talvez você não saiba, SE VOCÊ FEZ Ler artigo

Finalmente… a Conclusão do TCC em 3 Passos Simples! Se você disser que eu falei isso, eu nego, mas, para mim, a Conclusão do TCC deveria ter outro nome. Algo como: A Doce Arte de Encher Linguiça! Seus professores e orientadores podem até tentar te convencer do contrário. Podem usar inúmeros argumentos para te convencer de que a conclusão do TCC é um elemento fundamental, e, dependendo da retórica do seu professor, você até pode comprar essa bobagem como verdade. Mas se você conhece o Ler artigo

TCC Pronto e Gratuito? Sério mesmo? Você acredita em almoço de graça? Comprar um TCC Pronto? Fazer o Próprio TCC? Você ainda tem dúvidas como essas? Você PRECISA ver este Artigo com Urgência! Neste artigo você encontrará: TCC Pronto e Gratuito Comprar TCC Pronto É só me corrigir se eu estiver errado, mas as pessoas Adoram Atalhos, certo? O problema é que, muitas vezes, ATALHOS São ARMADILHAS DISFARÇADAS. Então, se você quer Fugir das Armadilhas e quer saber a Verdade sobre TCC Pronto, TCC Pronto e Ler artigo