Formulário Médico: manuscrito atribuído aos Jesuítas e encontrado em uma arca da Igreja de São Francisco de Curitiba

AUTOR(ES)
FONTE

Editora FIOCRUZ

DATA DE PUBLICAÇÃO

2019

RESUMO

Pertencente ao acervo da Fiocruz, o manuscrito Formulário Médico integra a seção de obras raras da Biblioteca de Manguinhos da Fiocruz. Por meio do selo Clássicos & Fontes da Coleção História & Saúde, a Editora Fiocruz leva aos leitores uma versão transcrita e analisada por diversos especialistas. Indispensável para todas as pessoas interessadas em conhecer e pesquisar as histórias e práticas de cura adotadas no Brasil colonial, o volume é dividido em cinco capítulos, além de uma transcrição paleográfica – com imagens digitalizadas do manuscrito – e um glossário. Profissionais de áreas e campos diversos como História, Arquivologia, Biblioteconomia, Engenharia Química, Paleografia e Ciências Biológicas trabalharam e produziram diversas análises, reflexões e informações sobre o documento.O manuscrito recebeu, em 2017, o título de “Memória do Mundo” pelo Programa Memória do Mundo da Unesco (MoW), que promove a preservação e acesso ao patrimônio documental – arquivístico e bibliográfico – da humanidade. “Para o conhecimento da história colonial, o Formulário Médico está destinado a se tornar um clássico, não apenas para historiadores da medicina, mas também para os estudiosos de outras modalidades, como história ambiental, da vida mterial, do cotidiano, da religião ou da cultura”, afirma a professora e pesquisadora da Casa de Oswaldo Cruz Lorelai Kury. Para a professora, o manuscrito “pode indicar pistas para transformar as práticas presentes e provocar novos olhares para antigos males”. Com mais de 30 títulos publicados, a coleção História & Saúde convida o leitor a participar de um fértil diálogo interdisciplinar, contribuindo para a compreensão do presente e do passado, em consonância com a historiografia contemporânea.

Documentos Relacionados