Determinação da microbiota do polvilho azedo

AUTOR(ES)
DATA DE PUBLICAÇÃO

1994

RESUMO

Para o levantamento da microbiota em amostras de diferentes etapas da produção de polvilho azedo, foram utilizados os meios Plate Count Agar (PCA) e Man Rogosa e Sharpe Agar (MRSA) em condições de aerobiose e anaerobiose. As contagens totais dos microrganismos aeróbios e anaeróbios não foram alteradas durante a fermentação da fécula, demonstrando que ocorre uma mudança no tipo de microbiota, devido ao decréscimo do pH. Foram selecionadas 590 culturas das quais 23 (3,9%) perderam a viabilidade de crescimento, sendo portanto identificados 567 isolados do quais 18 (3,1 %) eram bactérias gram-negativo; 13 (2,2%) leveduras; 46 (7,8%) bactérias dos gêneros Bacillus e Corynebacterium; 14 (2,4%) Staphylococcus e Micrococcus como contaminantes do processo, e 476 (80,6%) como bactérias ácido-láticas, mostrando predominância deste último grupo. A identificação dos isolados foi feita através de matrizes de similaridade colocadas em um programa de computação. A água utilizada no processo também foi analisada, onde o número de aeróbios mesófilos foi de 1,1 x 103/ml; 9,5 x 103/l00ml de coliformes totais e 2,5 x 103/100ml de coliformes fecais. O gênero Lactobacillus foi predominante no processo, com 189 isolados (32,0%), seguido por Leuconostoc (21,0%) e cocos homofermentativos como Lactococcus (12,6%), Enterococcus (8,3%), Pediococcus (5,9%) e Streptococcus (0,8%). As linhagens de Lactobacillus foram classificadas como homofermentativos: L.farciminis (0,84%); L crispatus (1,19%); L sharpae (2,71%); L. vitulinus (0,34%); como heterofermentativos facultativos: L agilis (0,50%); L maltaromicus (3,56%); L. murinus (6,95%), L. plantarum (2,54%); L. sake (2,71%); L casei rhamnosus (4,58%); L. coryniformis torquens (0,51%); L. coryniformis coryniformis (0,34%); como heterofermentativos obrigatórios: L fermentum (0,50%),; L. bifermentum (0,17%); L. halotolerans (0,50%); L v;r;descens (0,17%) e Lactobacillus sp (3,89%). As linhagens de Leuconostoc foram classificadas como Leuconostoc mesenteroides mesenteroides (3,05%); Leuconostoc mesenteroides dextranicum (14,91%); Leuconostoc oenos (1,35%); Leuconostoc paramesenteroides (0,17%) e Leuconostoc sp (1,52%). As linhagens de Lactococcus foram classificadas como: Lactococcus lactis cremoris (1,02%); Lactococcus raffino/actis (4,41%); Lactococcus lactis lactis (7,0%), Lacotococcus sp (0,17%); de Pediococcus como Pediococcus inopinatus (5,90%); de Enterococcus como: E. faecium (2,38%); E. faecalis (2,38%); E. avium (1,35%); E. pseudoavium (1,35%) e Enterococcus sp (0,84%); e de Streptococcus como S. hansenii (0,17%) e Streptococcus sp (0,67%).

ASSUNTO(S)

fermentação microbiologia mandioca

Documentos Relacionados

Um Artigo Científico Pronto em 5 Passos? Como? É exatamente isso que você vai ver aqui. Então, você tem que fazer um Artigo Científico? Esse é modelo do seu TCC? Pode abrir um leve sorriso, afinal, o Artigo Científico é o modelo que menos exige conteúdo de texto. Trocando em miúdos, é o menor dos trabalhos acadêmicos em termos de volume de texto. Assim como todos os demais Trabalhos Científicos e Acadêmicos, o Artigo Científico Pronto tem apenas 3 Elementos: Introdução, Desenvolvimento e Conclusão. E, antes Ler artigo

Se o seu (des)orientador pediu para você fazer os Resultados e Discussão no TCC, mas não te explicou o que é isso e nem mostrou Como Fazer, este artigo é para você! Você quer Aprender Definitivamente O Que São e Como Fazer os Resultados e Discussão no seu TCC, não quer? Então, você tem que dar uma olhada no VÍDEO deste artigo. Aprenda de maneira Rápida e Definitiva Como Fazer os Resultados e Discussão no TCC, com exemplos Simples e Objetivos para trabalhos com Pesquisa de Campo Ler artigo

Como fazer um TCC passo a passo – plágio e softwares de TCC? O que isso tem a ver com seu TCC? TUDO! Ou você não se importa em ouvir do seu orientador: “Seu trabalho tem plágio! Zero!” É… eu sei que você se importa. O problema é que muitos alunos morrem de medo do plágio, mas não sabem exatamente quando ele acontece. Definir o plágio é muito simples. Plágio é Roubar a Ideia do Outro. Simples assim. Quando você usa uma ideia, texto ou Ler artigo

Que tal aprender, de uma vez por todas, como fazer uma Justificativa de TCC, aplicando a poderosa técnica do Roteiro de Consequências? É impressionante! O quê? A técnica do Roteiro de Consequências? Sim. Ela também. E você vai conhecer essa técnica no vídeo deste artigo e vai ver Como Fazer a Justificativa do TCC com base em 2 exemplos simples e práticos. Para você, finalmente, deixar a sua Justificativa de TCC pronta! Mas, primeiro, eu preciso dizer: É impressionante! Como a Justificativa é um ponto Ler artigo

Como fazer TCC? Nas últimas semanas tenho visto milhares de alunos com dificuldades, sem saber o que fazer, que simplesmente ficam parados na frente do computador e não conseguem escrever uma única palavra sequer. Neste texto, nós vamos ver como mudar essa situação de uma vez por todas! Alguns alunos me mandam e-mails perguntando Como Fazer TCC passo a passo. Bom, em primeiro lugar, essa é uma dificuldade muito comum, vivida por 99,9% dos alunos de faculdades no Brasil e no mundo! Os outros 0,01% Ler artigo