Bioprospecção de extratos vegetais ativos sobre larvas do carrapato Rhipicephalus (Boophilus) microplus

AUTOR(ES)
FONTE

SIMPÓSIO BRASILEIRO DE FARMACOGNOSIA

DATA DE PUBLICAÇÃO

2011

RESUMO

Introdução: O carrapato bovino tem grande importância sanitária no Brasil, mas encontra-se muito resistente aos acaricidas sintéticos disponíveis [1]. Dessa forma, esse estudo teve por objetivo investigar a ação de extratos vegetais sobre larvas de R. microplus. Métodos: Envelopes de papel de filtro contendo ± 100 larvas e impregnados com os extratos foram incubados por 24h em B.O.D. ± 28°C e UR >80% [2]. Foram avaliados em 3 repetições: extrato metanólico da raiz de Curcuma longa (20 mg), extrato diclorometano das folhas de Hortia brasiliana (10 mg), extrato metanólico do tronco de Hortia superba (10 mg), extrato etanólico do caule (20 mg) e partição hexânica, dicloro, acetato de etila e etanólica das folhas de Euxylophora paraensis (15, 15, 17 e 20 mg), extrato hidrometanólico das cascas do fruto (253 mg) e etanólico de folhas e galhos de Trichilia elegans (20 mg); extrato hexânico da semente de Annona muricata, extrato etanólico da raiz de Zingiber oficinalle e de galhos de Uncaria tomentosa (20 mg). Testaram-se também os óleos brutos de Carapa guianensis e de Copaifera reticulata a 3%, 7,5% e 15%. Os extratos tiveram seus solventes evaporados e depois testados a 100%, 50% e 25% da massa inicial, adicionando-se água, ou etanol a 30% e/ou tween 80 a 2%. Os controles foram preparados com os mesmos solventes. Resultados e Discussão/ Conclusão: O extrato metanólico da raiz de C. longa causou lentidão no movimento das larvas nas concentrações de 100 e 50%. C. reticulata causou mortalidade de 4%, 18,6% e 28,3% nas concentrações de 3%, 7,5% e 15%, respectivamente. Portanto, as espécies vegetais não foram eficazes, ou economicamente viáveis no caso de C. reticulata, nas concentrações avaliadas. 1.Grisi, L. et al. (2002) A Hora Vet. 125: 8-10. 2.Fao Plant Protection Bulletin (1971) FAO method n.º7 19: 15-18.

ASSUNTO(S)

bioprospecção extrato vegetal carrapato boophilus microplus

Documentos Relacionados

Se você quer aprender Como Fazer Citações para o TCC de forma fácil e não ser acusado de plágio, então, recomendo fortemente que leia esse artigo até o final… E não se esqueça de assistir o vídeo logo abaixo! Imagina só… você fez todo o seu TCC, está aliviado, radiante, tirou um peso das costas… aí, PAH! Seu orientador diz que o seu trabalho tem Plágio e, por isso, vai ser reprovado. Não!!!! Aí vai uma notícia que talvez você não saiba, SE VOCÊ FEZ Ler artigo

Finalmente… a Conclusão do TCC em 3 Passos Simples! Se você disser que eu falei isso, eu nego, mas, para mim, a Conclusão do TCC deveria ter outro nome. Algo como: A Doce Arte de Encher Linguiça! Seus professores e orientadores podem até tentar te convencer do contrário. Podem usar inúmeros argumentos para te convencer de que a conclusão do TCC é um elemento fundamental, e, dependendo da retórica do seu professor, você até pode comprar essa bobagem como verdade. Mas se você conhece o Ler artigo

Um Artigo Científico Pronto em 5 Passos? Como? É exatamente isso que você vai ver aqui. Então, você tem que fazer um Artigo Científico? Esse é modelo do seu TCC? Pode abrir um leve sorriso, afinal, o Artigo Científico é o modelo que menos exige conteúdo de texto. Trocando em miúdos, é o menor dos trabalhos acadêmicos em termos de volume de texto. Assim como todos os demais Trabalhos Científicos e Acadêmicos, o Artigo Científico Pronto tem apenas 3 Elementos: Introdução, Desenvolvimento e Conclusão. E, antes Ler artigo

Você sabe o que escrever na introdução do seu TCC? Você já parou na frente do seu computador sem ter a menor ideia sobre a introdução do seu TCC, o que escrever e por onde começar? Eu já passei por isso. E como eu não desejo essa situação para ninguém, é hora de resolver esse problema. Muita gente, mas muita gente mesmo me pergunta: “Amilton, o que eu devo escrever na Introdução do meu TCC?” Aí vai a resposta: A Introdução do seu TCC é Ler artigo

Uma Monografia Pronta em 5 Passos? Veja como isso é possível AGORA! Seu TCC é uma Monografia?… hum… como é que eu vou te dizer isso… o gato subiu no telhado… Tô Brincando! Mas eu tenho uma boa e uma má notícia para te dar. Qual você quer primeiro?… bom, não vai dar para esperar você responder, então, vou começar pela ruim mesmo: a monografia é o modelo de TCC que mais tem volume de conteúdo, principalmente se a gente comparar com um artigo científico, por exemplo. Ler artigo