Avaliação da qualidade microbiológica de cápsulas e chás de plantas utilizadas na assistência ao tratamento da obesidade

AUTOR(ES)
FONTE

Rev. bras. plantas med.

DATA DE PUBLICAÇÃO

2013

RESUMO

O uso de plantas diuréticas e laxativas é uma alternativa medicamentosa para muitas pessoas que objetivam o emagrecimento com menores efeitos adversos. A avaliação microbiológica é um requisito essencial para a garantia de qualidade dos produtos. A finalidade deste trabalho foi avaliar a qualidade microbiológica de cápsulas e chás de alcachofra (Cynara scolymus L.), centella asiática (Hydrocotile asiatica L.), fucus (Fucus vesiculosus L.), e sene (Cassia acutifolia Delile), através da contagem de micro-organismos viáveis totais e pesquisa de patógenos. Na contagem de micro-organismos viáveis, os chás analisados foram aprovados, pois apesar de apresentarem uma carga microbiana elevada, esta se encontrava dentro das especificações, entretanto, 16,66% e 66,66% das cápsulas analisadas foram reprovadas por apresentaram quantidades superiores de bactérias e fungos, respectivamente. Na pesquisa de patógenos, 76% das amostras (88% dos chás e 58% das cápsulas) apresentaram um ou mais de um tipo de micro-organismo. Salmonella sp. esteve presente em 33% das amostras evidenciando a qualidade microbiológica insatisfatória dos produtos encontrados no mercado. Estes resultados demonstram a necessidade da realização do controle de qualidade tanto das matérias-primas vegetais, quanto dos produtos acabados, através do controle e fiscalização rigorosa, com adoção de medidas regulamentadoras e educativas.

ASSUNTO(S)

alcachofra centella controle microbiológico fucus sene

Documentos Relacionados

Uma Monografia Pronta em 5 Passos? Veja como isso é possível AGORA! Seu TCC é uma Monografia?… hum… como é que eu vou te dizer isso… o gato subiu no telhado… Tô Brincando! Mas eu tenho uma boa e uma má notícia para te dar. Qual você quer primeiro?… bom, não vai dar para esperar você responder, então, vou começar pela ruim mesmo: a monografia é o modelo de TCC que mais tem volume de conteúdo, principalmente se a gente comparar com um artigo científico, por exemplo. Ler artigo

Você sabe o que escrever na introdução do seu TCC? Você já parou na frente do seu computador sem ter a menor ideia sobre a introdução do seu TCC, o que escrever e por onde começar? Eu já passei por isso. E como eu não desejo essa situação para ninguém, é hora de resolver esse problema. Muita gente, mas muita gente mesmo me pergunta: “Amilton, o que eu devo escrever na Introdução do meu TCC?” Aí vai a resposta: A Introdução do seu TCC é Ler artigo

Um Artigo Científico Pronto em 5 Passos? Como? É exatamente isso que você vai ver aqui. Então, você tem que fazer um Artigo Científico? Esse é modelo do seu TCC? Pode abrir um leve sorriso, afinal, o Artigo Científico é o modelo que menos exige conteúdo de texto. Trocando em miúdos, é o menor dos trabalhos acadêmicos em termos de volume de texto. Assim como todos os demais Trabalhos Científicos e Acadêmicos, o Artigo Científico Pronto tem apenas 3 Elementos: Introdução, Desenvolvimento e Conclusão. E, antes Ler artigo

Se você quer aprender Como Fazer Citações para o TCC de forma fácil e não ser acusado de plágio, então, recomendo fortemente que leia esse artigo até o final… E não se esqueça de assistir o vídeo logo abaixo! Imagina só… você fez todo o seu TCC, está aliviado, radiante, tirou um peso das costas… aí, PAH! Seu orientador diz que o seu trabalho tem Plágio e, por isso, vai ser reprovado. Não!!!! Aí vai uma notícia que talvez você não saiba, SE VOCÊ FEZ Ler artigo

Como fazer um TCC passo a passo – plágio e softwares de TCC? O que isso tem a ver com seu TCC? TUDO! Ou você não se importa em ouvir do seu orientador: “Seu trabalho tem plágio! Zero!” É… eu sei que você se importa. O problema é que muitos alunos morrem de medo do plágio, mas não sabem exatamente quando ele acontece. Definir o plágio é muito simples. Plágio é Roubar a Ideia do Outro. Simples assim. Quando você usa uma ideia, texto ou Ler artigo