Avaliação da mobilidade toracoabdominal por fotogrametria em recém-nascidos após a técnica de aumento do fluxo expiratório

AUTOR(ES)
FONTE

Fisioter. mov.

DATA DE PUBLICAÇÃO

2017-12

RESUMO

Resumo Introdução: O aumento do fluxo expiratório é uma manobra da fisioterapia respiratória que promove um direcionamento do fluxo para as vias aéreas superiores, entretanto, quando aplicada em recém-nascidos, pode resultar em uma variação da mobilidade toracoabdominal. Objetivo: Avaliar a mobilidade toracoabdominal pela fotogrametria em recém-nascidos após a manobra de aumento do fluxo expiratório. Métodos: Estudo experimental, cego, realizado com os recém-nascidos posicionados em supino sobre uma bancada de apoio com o membro superior em flexão, abdução e rotação externa e quadril flexionado a 110°. Foram alocados marcadores adesivos para a delimitação geométrica do compartimento toracoabdominal e o aumento do fluxo expiratório foi realizado por 5 minutos com as mãos do terapeuta sobre o tórax e abdome. Os recém-nascidos foram filmados pré e pós-manobra e os fotogramas foram analisados no software AutoCAD por um pesquisador cego ao momento do experimento. A maior e a menor área toracoabdominal foram expressas em cm 2 e os valores médios foram comparados entre os dois momentos (pré e pós manobra) pelo Teste t pareado. Resultados: Foram incluídos 20 recém-nascidos com idade média de 39 semanas. Antes da manobra a área toracoabdominal foi 56,1 cm2 durante a expiração e 59,7 cm 2 na inspiração e após a manobra o valor foi 56,2 cm 2 durante a expiração e 59,8 cm 2 durante a inspiração, sem diferença estatística entre o antes e o depois (p = 0,97, p = 0,92, respectivamente). Conclusão: Os resultados deste estudo demonstram que a técnica de aumento do fluxo expiratório parece não alterar a mobilidade toracoabdominal de recém-nascidos saudáveis.

ASSUNTO(S)

mecânica respiratória fotogrametria recém-nascido modalidades de fisioterapia fisioterapia

Documentos Relacionados

Como fazer TCC? Nas últimas semanas tenho visto milhares de alunos com dificuldades, sem saber o que fazer, que simplesmente ficam parados na frente do computador e não conseguem escrever uma única palavra sequer. Neste texto, nós vamos ver como mudar essa situação de uma vez por todas! Alguns alunos me mandam e-mails perguntando Como Fazer TCC passo a passo. Bom, em primeiro lugar, essa é uma dificuldade muito comum, vivida por 99,9% dos alunos de faculdades no Brasil e no mundo! Os outros 0,01% Ler artigo

Finalmente… a Conclusão do TCC em 3 Passos Simples! Se você disser que eu falei isso, eu nego, mas, para mim, a Conclusão do TCC deveria ter outro nome. Algo como: A Doce Arte de Encher Linguiça! Seus professores e orientadores podem até tentar te convencer do contrário. Podem usar inúmeros argumentos para te convencer de que a conclusão do TCC é um elemento fundamental, e, dependendo da retórica do seu professor, você até pode comprar essa bobagem como verdade. Mas se você conhece o Ler artigo

Que tal aprender, de uma vez por todas, como fazer uma Justificativa de TCC, aplicando a poderosa técnica do Roteiro de Consequências? É impressionante! O quê? A técnica do Roteiro de Consequências? Sim. Ela também. E você vai conhecer essa técnica no vídeo deste artigo e vai ver Como Fazer a Justificativa do TCC com base em 2 exemplos simples e práticos. Para você, finalmente, deixar a sua Justificativa de TCC pronta! Mas, primeiro, eu preciso dizer: É impressionante! Como a Justificativa é um ponto Ler artigo

Você sabe o que escrever na introdução do seu TCC? Você já parou na frente do seu computador sem ter a menor ideia sobre a introdução do seu TCC, o que escrever e por onde começar? Eu já passei por isso. E como eu não desejo essa situação para ninguém, é hora de resolver esse problema. Muita gente, mas muita gente mesmo me pergunta: “Amilton, o que eu devo escrever na Introdução do meu TCC?” Aí vai a resposta: A Introdução do seu TCC é Ler artigo

Como fazer um TCC passo a passo – plágio e softwares de TCC? O que isso tem a ver com seu TCC? TUDO! Ou você não se importa em ouvir do seu orientador: “Seu trabalho tem plágio! Zero!” É… eu sei que você se importa. O problema é que muitos alunos morrem de medo do plágio, mas não sabem exatamente quando ele acontece. Definir o plágio é muito simples. Plágio é Roubar a Ideia do Outro. Simples assim. Quando você usa uma ideia, texto ou Ler artigo