Antioxidant and antibacterial activity and preliminary toxicity analysis of four varieties of avocado (Persea americana Mill.)

AUTOR(ES)
FONTE

Braz. J. Food Technol.

DATA DE PUBLICAÇÃO

01/04/2019

RESUMO

Resumo As atividades antioxidante e antibacteriana, e a toxicidade de produtos naturais podem mudar de acordo com a variedade vegetal, bem como a parte da planta que é analisada. Neste estudo, foram analisadas cascas, polpas e sementes de quatro variedades de abacate (Quintal, Fortuna, Margarida e Hass) no que tange às propriedades antioxidantes e antibacterianas, e à toxicidade. Existem poucos estudos na literatura comparando essas três primeiras variedades. A atividade antioxidante foi medida utilizando-se os métodos DPPH (2,2-diphenyl-1-picrylhydrazil), ABTS [2,2'-azino-bis- (3-ethylbenzothiazoline-6-sulfonic acid)] e FRAP (Ferric Reducing Ability Power), juntamente com o conteúdo de compostos fenólicos e flavonoides. A análise de componentes principais foi aplicada para testes antioxidantes. A atividade antibacteriana contra patógenos alimentares foi avaliada pelos testes de concentração inibitória mínima e concentração bactericida mínima. A toxicidade foi avaliada contra Artemia salina e também pela atividade hemolítica. O extrato etanólico da casca da variedade Quintal apresentou a maior atividade antioxidante e antibacteriana. Este mesmo extrato não mostrou toxicidade nos testes preliminares e mostra grande potencial de aplicação na indústria de alimentos como um aditivo alimentar.Abstract The antioxidant and antibacterial activity and toxicity of natural products can change according to plant variety, as well as the part of the plant which is analyzed. In this study, peel, pulp and seed of four avocado varieties (Quintal, Fortuna, Margarida, and Hass) were analyzed for antioxidant and antibacterial properties and toxicity. There are few studies in the literature comparing these three first varieties. Antioxidant capacity was measured using the DPPH (2,2-diphenyl-1-picrylhydrazil), ABTS [2,2'-azino-bis- (3-ethylbenzothiazoline-6-sulfonic acid)], and FRAP (Ferric Reducing Ability Power) methods, along with the content of phenolic compounds and flavonoids. Principal component analysis was applied for antioxidant tests. Antibacterial activity against food pathogens was assessed by the minimum inhibitory concentration and minimum bactericidal concentration tests. Toxicity was evaluated against Artemia salina and also by hemolytic activity. The ethanolic extract of Quintal variety peel presented the greatest antioxidant and antibacterial activity. This same extract showed no toxicity in the preliminary tests, and shows great potential for food industry application as an additive.

Documentos Relacionados

Se o seu (des)orientador pediu para você fazer os Resultados e Discussão no TCC, mas não te explicou o que é isso e nem mostrou Como Fazer, este artigo é para você! Você quer Aprender Definitivamente O Que São e Como Fazer os Resultados e Discussão no seu TCC, não quer? Então, você tem que dar uma olhada no VÍDEO deste artigo. Aprenda de maneira Rápida e Definitiva Como Fazer os Resultados e Discussão no TCC, com exemplos Simples e Objetivos para trabalhos com Pesquisa de Campo Ler artigo

Que tal aprender, de uma vez por todas, como fazer uma Justificativa de TCC, aplicando a poderosa técnica do Roteiro de Consequências? É impressionante! O quê? A técnica do Roteiro de Consequências? Sim. Ela também. E você vai conhecer essa técnica no vídeo deste artigo e vai ver Como Fazer a Justificativa do TCC com base em 2 exemplos simples e práticos. Para você, finalmente, deixar a sua Justificativa de TCC pronta! Mas, primeiro, eu preciso dizer: É impressionante! Como a Justificativa é um ponto Ler artigo

Como fazer TCC? Nas últimas semanas tenho visto milhares de alunos com dificuldades, sem saber o que fazer, que simplesmente ficam parados na frente do computador e não conseguem escrever uma única palavra sequer. Neste texto, nós vamos ver como mudar essa situação de uma vez por todas! Alguns alunos me mandam e-mails perguntando Como Fazer TCC passo a passo. Bom, em primeiro lugar, essa é uma dificuldade muito comum, vivida por 99,9% dos alunos de faculdades no Brasil e no mundo! Os outros 0,01% Ler artigo

Você sabe o que escrever na introdução do seu TCC? Você já parou na frente do seu computador sem ter a menor ideia sobre a introdução do seu TCC, o que escrever e por onde começar? Eu já passei por isso. E como eu não desejo essa situação para ninguém, é hora de resolver esse problema. Muita gente, mas muita gente mesmo me pergunta: “Amilton, o que eu devo escrever na Introdução do meu TCC?” Aí vai a resposta: A Introdução do seu TCC é Ler artigo

Para ter um TCC pronto, é preciso perder o medo. E se você está perdido ou se sentido incapaz, você precisa saber: A Culpa não é sua! Descubra Agora a Mentira que te venderam (por um tempo, eu também comprei…) Quem tem medo do TCC? Eu não sei você, mas, durante um bom tempo, eu tive muito! Eu me sentia perdido, sozinho e incapaz de fazer o meu trabalho. Eu tinha certeza de que nuca teria um TCC pronto. E se você acha que o Ler artigo