Faça uma monografia perfeita!

Faça parte da nossa lista exclusiva de acadêmicos e receba atualizações, artigos e dicas imperdíveis para seu TCC.

Utilização de Bacillus sphaericus Neide, 1904 para controle de Culex quinquefasciatus

Autor Principal: Germani, Jose Carlos
Outros Autores: Leal, Luiz Fernando Azeredo, Ruas Neto, Antonio Leite, Silveira, Sydnei Mitidieri, Minghelli, Rovena Michel
Tipo: Artigo de periódico
Idioma: Português
Publicado em: 2010
Assuntos:
Link Texto Completo: http://hdl.handle.net/10183/19225
Saved in:
Observou-se neste trabalho a resposta de larvas de terceiro estádio de C.

quinquefasciatus à uma formulação experimental de B.

sphaericus cepa 2362.

A tecnologia para obtenção do larvicida obedeceu às etapas de preparação do inoculo, fermentação envolvendo um subproduto industrial (soro de queijo), e formulação líquida com agente dispersante.

Com uma mortalidade nula nos controles com água ou com placebo produzido com os agentes formulantes, observou-se como resultados em duas séries uma CL50 de 0,0007323 ± 0,0001 e CL90 de 0,0042320 ± 0,0001 ppm numa delas e CL50 de 0,0006399 ± 0,0001 e CL90 de 0,0066370 ± 0,0001 ppm na outra, considerando-se 10% de creme sedimentado utilizado nas formulações.

Conclui-se que 0,01 ppm de formulações experimentais consideradas integralmente seria uma concentração eficaz num meio aquático semelhante ao testado, o que é estimulante para um incremento da produção e a continuidade dos testes com este agente de controle.