Physiological response of Solanum crinitum Lam. to contrasting light environments.

Autor Principal: DIAS FILHO, M.B.
Tipo: Artigo em periódico indexado
Idioma: Português
Publicado em: Pesquisa Agropecuaria Brasileira 2011
Assuntos:
Link Texto Completo: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/95511
Saved in:
Investigou-se, durante 66 dias, em camaras de crescimento, sob alto (800-1000 umol m2 s-1) e baixo (200-350 umol-2s-1) regimes de luz, a fisiologia, a morfologia e o crescimento de Solanum crinitum, uma especie arborea pioneira de porte medio, comum como planta invasora de pastagens, areas agricolas abandonadas, e clareiras em areas de floresta na Amazonia brasileira.

O objetivo foi estudar a aclimatacao dessa especie ao sombreamento.

A taxa de crescimento relativo foi inicialmente (22d) similar entre regimes de luz, tornando-se semelhante entre tratamentos nas avaliacoes subsequentes (44 e 66 d)> A razao de area foliar e a area foliar especifica foram maiores na BR.

A proporcao de biomassa alocada nas folhas foi semelhante entre tratamentos, enquanto nas raizes foi maior em AR, e nas hastes e peciolos foi maior em BR.

O conteudo de nitrogenio foliar por unidade de massa foi maior em BR, ao passo que por unidade de area foi maior em AR.

Estes resultados sugerem que o regime de luz e importante para o desempenho dessa especie, e que as respostas as condicoes de luminosidade sao importantes para que se determine o seu sucesso como planta pioneira em ambientes naturais ou planta invasora de ambientes agricolas.