Peasant economies, forestry industry and fires: socio-natural instabilities and agriculture as means of resistance

Autor Principal: Aguayo, Beatriz Eugenia Cid
Tipo:
Idioma: enes
Publicado em: Ambient. soc.Ambiente & Sociedade
Assuntos:
Link Texto Completo: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&lang=pt&pid=S1414-753X2015000100007
Saved in:
A recorrência de incêndios florestais levanta questões sobre a estabilidade sócio-natural das economias mono exportadora.

Este artigo questiona a relação territorial entre a indústria florestal –fortemente subsidiada– e a agricultura camponesa –historicamente marginalizada– mostrando as dificuldades da convivência entre as duas, e para a estabilização de uma montagem sócio-natural que respeite e inclua as necessidades de todos seus atores humanos e não humanos.