PARA A EDUCAÇÃO PATRIÓTICA E NACIONAL DOS ITALIANOS NO EXTERIOR: A EDIÇÃO PÓSTUMA DO LIVRO DE LEITURA O PÁTRIA MIA DE LUIGI BERTELLI (VAMBA) E A SUA DIFUSÃO NO BRASIL

Autor Principal: Ascenzi, Anna
Tipo:
Idioma: itpt
Publicado em: Hist. Educ.História da Educação
Link Texto Completo: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&lang=pt&pid=S2236-34592017000100101
Saved in:
Resumo Com o apoio de rico acervo de documentos e imprensa, o artigo reconstrói a gênese, os conteúdos e os endereçamentos ideológicos e culturais e a diversificada produção editorial, dentro e fora da península itálica, de um dos mais notáveis e longevos livros de leitura para as escolas italianas no exterior no período entre guerras: O Patria mia obra póstuma do célebre escritor para a infância Luigi Bertelli, mais conhecido pela vasta plateia de pequenos leitores com o pseudônimo de Vamba.

Trabalha-se com a perspectiva nacionalista de Vamba, mas não fascista, a qual foi produzida pelo desejo do editor florentino Bemporad, com certa fascitização dos conteúdos.

Apesar disso a obra não foi amada pelo regime, tanto que, na metade dos anos 1930, com a vasta difusão registrada, por exemplo, nas escolas italianas no Brasil, se decidiu por substituí-la com textos ideológica e politicamente mais sintonizados com os endereçamentos do totalitarismo fascista.