O uso de herbicidas no controle de invasoras em vinhedos no Vale do Submédio São Francisco.

Autor Principal: ALBUQUERQUE, J. A. S. de
Outros Autores: ALBUQUERQUE, T. C. S. de.
Tipo: Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento
Idioma: Português
Publicado em: Petrolina : EMBRAPA-CPATSA 2011
Assuntos:
Uva
Link Texto Completo: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/handle/doc/131340
Saved in:
Dois experimentos foram conduzudos com herbicidas em um vinhedo sob condicoes irrigadas na regiao do Submedio Sao Francisco.

Foram, testados diferentes herbicidas e suas combinacoes comparadas a capina manual.

Os produtos usados e suas respectivas concentracoes foram os seguintes: Paraquat (0,8 lPA/ha), Paraquat (0,8 lPA/ha) + Diuron (1,0 kg PA/ha); Paraquat (0,8 lPA/ha) + Atrazine (2,0 kg PA/ha), Paraquat (0,8 lPA/ha) + Orizaline (3,0 kg PA/ha); Glyphosate (2,5 l PA/ha), Glyphosate (2,5 lPA/ha) + Diuron (1,0 kg PA/ha).

Os resultados obtidos permitiram as seguintes conclusoes: os herbicidas nao causaram efeitos fitotoxicos aparentes nas videiras; uma unica aplicacao de Glyphosate isolado ou combinado com Diuron foi suficiente para que o vinhedo permanecesse livre de invasoras durante todo o ciclo fenologico, que e, aproximadamente, de 110 dias para a cultivar Italia nesta regiao; o Glyphosate atuou eficientemente sobre todas as ervas invasoras existentes no local; O Paraquat tem sua eficiencia muito reduzida (aproximadamente 35 dias), devido a rapidez de rebrote das ervas invasoras em condicoes irrigadas no entanto, o mesmo tem sua eficiencia bastatne melhorada quando combinado com qualquer dos pre-emergentes, testados, especialmente o Atrazine; nao houve diferenca com qualquer dos pre-emergentes testados, especialmente o Atrazine; nao houve diferenca estatistica para solidos soluveis e acidez total; e possivel eliminar-se completamente a capina manual, sem maiores prejuizos para o vinhedo.