Necesidades de formación psicopedagógica para la atención de niños con enfermedad crónica: percepciones de enfermería hospitalaria

Autor Principal: Rosselló, Maria RosaDe la Iglesia, BegoñaPaz-Lourido, BertaVerger, Sebastià
Tipo:
Idioma: enes
Publicado em: Rev. esc. enferm. USPRevista da Escola de Enfermagem da USP
Assuntos:
Link Texto Completo: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&lang=pt&pid=S0080-62342015000100037
Saved in:
OBJETIVO Identificar as necessidades formativas psicopedagógicas entre enfermeiros de pediatria do maior hospital público das Ilhas Baleares, Espanha.

MÉTODO Trata-se de uma pesquisa quali-quantitativa, na qual 78 enfermeiros (97,5% do serviço) responderam a um questionário e 15 participaram de entrevistas examinadas por meio da análise de conteúdo.

RESULTADOS Os resultados quantitativos mostram lacunas no conhecimento e nas competências psicopedagógicas do pessoal, embora estes aspectos possam facilitar o desenvolvimento de tarefas adaptadas à personalidade e ao momento psicoevolutivo da criança com doença crônica, além do estado emocional das famílias.

Os resultados qualitativos foram organizados em quatro categorias: apoio familiar, hospital e educação, formação psicopedagógica e dificuldades na prática.

Destaca-se a pouca comunicação entre enfermeiros e professores.

CONCLUSÃO Os dados reforçam a necessidade de implementar estratégias de formação, assim como um trabalho interdisciplinar entre profissionais de saúde, educadores e famílias.