Desobstrução ineficaz das vias aéreas em crianças asmáticas: um estudo descritivo

Autor Principal: Mendes,Lanuza Celes
Outros Autores: Cavalcante,Joyce Carolle Bezerra, Lopes,Marcos Venícios de Oliveira, Lima,Luisa Helena de Oliveira
Tipo: Artigo
Idioma: Português
Publicado em: Texto & Contexto - Enfermagem 20120601
Assuntos:
Link Texto Completo: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-07072012000200015
Saved in:
Estudo transversal, realizado com 147 crianças internadas com diagnóstico médico de asma, em um hospital infantil público de Fortaleza-CE.

Foi desenvolvido com o objetivo de analisar a acurácia das características definidoras do diagnóstico de enfermagem "desobstrução ineficaz das vias aéreas" em crianças asmáticas.

Utilizou-se um roteiro de exame físico para a coleta de dados.

As características definidoras mais frequentes foram ruídos respiratórios adventícios (82,3%), dispneia (55,8%), e mudança na frequência respiratória (50,3%).

O diagnóstico de enfermagem: "desobstrução ineficaz das vias aéreas" esteve presente em 55,8% da amostra.

A característica definidora de maior sensibilidade foi "ruídos adventícios respiratórios".

A característica específica para este diagnóstico foi "olhos arregalados".

Com relação aos valores preditivos, os ruídos adventícios respiratórios mostraram elevado valor preditivo negativo.

Conclui-se que estudos que contribuem para definir o perfil de características definidoras mais comuns para uma população particular devem ser estimulados, pois servem de guia para a prática de enfermagem.