Efeito de esmolol sobre o intervalo QT corrigido e alterações da dispersão do intervalo QT corrigido observadas durante a indução da anestesia em pacientes hipertensos que receberam um inibidor da enzima conversora de angiotensina

Autor Principal: Çeker, ZahitTakmaz, Suna AkinBaltaci, BülentBasar, Hülya
Tipo:
Idioma: enespt
Publicado em: Rev. Bras. Anestesiol.Revista Brasileira de Anestesiologia
Assuntos:
Link Texto Completo: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&lang=pt&pid=S0034-70942015000100034
Saved in:
JUSTIFICATIVA E OBJETIVO: É óbvia a importância de minimizar as respostas simpatoadrenérgicas exageradas e o intervalo QT e a dispersão do intervalo QT que podem ocorrer por causa de laringoscopia e intubação traqueal durante a indução da anestesia em pacientes hipertensos.

Esmolol diminui a resposta hemodinâmica à laringoscopia e à intubação.

Porém, o efeito de esmolol sobre a redução do intervalo QT prolongado e a dispersão do intervalo QT induzida pela laringoscopia e intubação é controverso.

Pesquisamos o efeito de esmolol sobre a hemodinâmica e o intervalo QT corrigido e as alterações da dispersão do intervalo QT observadas durante a indução da anestesia em pacientes hipertensos que receberam inibidores da enzima conversora de angiotensina (IECA).

MÉTODOS: Foram incluídos no estudo 60 pacientes, estado físico ASA I-II, com hipertensão arterial essencial e que receberam IECA.

O grupo esmolol recebeu uma dose em bolus de 500 mcg kg-1, seguida por infusão contínua de 100 mcg kg-1 min-1 até o quarto minuto após a intubação.

O grupo controle recebeu solução salina a 0,9%, semelhantemente ao grupo esmolol.

Os valores da pressão arterial média e da frequência cardíaca e os registros do eletrocardiograma foram obtidos durante a fase inicial pré-anestesia, cinco minutos após a administração de esmolol e solução salina, três minutos após a indução e 30 segundos, dois minutos e quatro minutos após a intubação.

RESULTADOS: O intervalo QT corrigido foi menor no grupo esmolol (p = 0,012), o intervalo de dispersão do intervalo QT corrigido foi maior no grupo controle (p = 0,034) e a frequência cardíaca média foi maior no grupo controle (p = 0,022) 30 segundos após a intubação.

O risco da frequência de arritmia foi maior no grupo controle no quarto minuto após a intubação (p = 0,038).

CONCLUSÃO: Descobrimos que a intubação traqueal prolonga o intervalo e a dispersão do intervalo QT corrigido e aumenta a frequência cardíaca durante a indução da anestesia com propofol em pacientes hipertensos que receberam IECA.

Esses efeitos foram prevenidos com esmolol (bolus de 500 mcg kg-1, seguido de 100 mcg kg-1 min-1 de infusão).

Durante a indução, a pressão tende a diminuir com esmolol.

Portanto, cuidados são necessários.