Desirable relations: diaspora and gender relations in Bharati Mukherjee s Jasmine and "Desirable daughters

Autor Principal: Helenice Nolasco Queiroz
Tipo: Teses/dissertações
Idioma: eng
Publicado em: IBICT 20110415
Assuntos:
Link Texto Completo: http://hdl.handle.net/1843/ECAP-8G2KW8
Saved in:
O mundo transnacional e globalizado dos tempos atuais é caracterizado pelo intenso movimento de pessoas, produtos e informação descrito por Spivak como a nova diáspora.

Na literatura, uma das primeiras autoras a retratar tal fenomeno foi a escritora Bharati Mukherjee.

Em seus romances, a autora nascida na Índia frequentemente retrata estórias de mulheres que abandonam o país de origem para se estabelecerem em países da América do Norte.

Vários críticos têm examinado tópicos como imigração, violência e choque cultural presente nos contos e romances da escritora.

Tais críticos normalmente não discutem, contudo, a relação entre gênero e diáspora nos trabalhos de Mukherjee.

Nesta dissertação, analizo dois des seus romances, Jasmine e Desirable Daughters a fim de provar minha hipótese de que as personagens femininas sofrem uma significativa transformação em suas relações de gênero principalmente como consequência de suas experiências diaspóricas.

Investigo os processos pelos quais Jasmine, Tara e Padma deixam a Índia e se fixam nos Estados Unidos e suas consequentes subversões dos papéis de gênero de filha, irmã, mãe, esposa e viúva.

Discuto a complexa posição de entre-lugar entre culturas ocupada pelas personagens e sua exposição a novas possibilidades de padrões de comportamento no país de destino para compreender o modo como reagem às chamadas idéias liberais e feministas que elas encontram nos EUA.

Também comparo e contrasto suas experiências de migração que são marcadas por questões de gênero, classe, casta e educação e as relaciono com as formas de transgressão que elas são capazes de cometer.

Finalmente, analizo as diferentes percepções de "lar" das personagens e investigo como seus deslocamentos ocorridos dentro e a partir do "lar" são responsáveis por suas atitudes disruptivas.

Meu trabalho se baseia na crítica postcolonial, diaspórica e feminista e tem o objetivo de enfatizar o papel da mulher na nova diáspora.

Minha análise das personagens femininas da autora se encaixa nessa perspectiva que enfoca a importância das questões de gênero em obras literárias que se passam em contextos diaspóricos.

Documentos Relacionados