Faça uma monografia perfeita!

Faça parte da nossa lista exclusiva de acadêmicos e receba atualizações, artigos e dicas imperdíveis para seu TCC.

Alterações da espessura da camada de fibras nervosas da retina após cirurgia da coluna vertebral em pronação: estudo prospectivo

Autor Principal: Gencer, BaranCosar, MuratTufan, Hasan AliKara, SelcukArikan, SedatAkman, TarikKiraz, Hasan AliComez, Arzu TaskiranHanci, Volkan
Tipo:
Idioma: enespt
Publicado em: Rev. Bras. Anestesiol.Revista Brasileira de Anestesiologia
Assuntos:
Link Texto Completo: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&lang=pt&pid=S0034-70942015000100041
Saved in:
JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: As alterações de perfusão ocular desempenham um papel importante na patogênese da neuropatia óptica isquêmica.

A pressão de perfusão ocular é igual à pressão arterial média menos a pressão intraocular.

O objetivo deste estudo foi avaliar as alterações da pressão intraocular e da espessura da camada de fibras nervosas da retina em pacientes submetidos à cirurgia da coluna vertebral em pronação.

MÉTODOS: Este estudo prospectivo incluiu 30 pacientes submetidos à cirurgia da coluna vertebral.

A espessura da camada de fibras nervosas da retina foi medida um dia antes e um depois da cirurgia, com o uso da tomografia de coerência óptica.

A pressão intraocular foi medida seis vezes com o Tonopen e o tempo de duração em posições diferentes: em supinação (basal), 10 minutos após a intubação (Supinação 1); após a pronação aos 10 minutos (Pronação 1), 60 minutos (Pronação 2) e 120 minutos (Pronação 3) e logo após a supinação no período pós-operatório (Supinação 2).

RESULTADOS: Nosso estudo envolveu 10 pacientes do sexo masculino e 20 do feminino, com média de 57 anos.

No pós-operatório, quando as medidas da espessura da camada de fibras nervosas da retina foram comparadas com os valores do pré-operatório, um afinamento estatisticamente significativo da retina foi observado nos quadrantes nasais e inferiores (p = 0,009 e p = 0,003, respectivamente).

Observamos uma diminuição da pressão intraocular estatisticamente significante em Supinação 1 e um aumento em ambos momentos Pronação 2 e Pronação 3, em comparação com os valores basais.

A pressão arterial média e a pressão de perfusão ocular foram significativamente mais baixas em Pronação 1, Pronação 2 e Pronação 3, em comparação com os valores basais.

CONCLUSÕES: Nosso estudo mostrou aumento da pressão intraocular durante a cirurgia da coluna vertebral em pronação.

Um afinamento estatisticamente significante da espessura da camada de fibras nervosas da retina foi observado nos quadrantes nasais e inferiores um dia após a cirurgia da coluna vertebral.

Documentos Relacionados