Crescer com o Brasil: planejamento, modernização e utopia de desenvolvimento em Santa Catarina (1970-1975)

Autor Principal: Michel Goulart da Silva
Tipo: Teses/dissertações
Idioma: Português
Publicado em: IBICT 20120228
Assuntos:
Link Texto Completo: http://www.tede.udesc.br/tde_busca/arquivo.php?codArquivo=2848
Saved in:
Discute-se nesta pesquisa histórica o período do chamado milagre brasileiro (geralmente delimitado entre 1969 e 1973) em Santa Catarina, centrando a análise na gestão do governador Colombo Salles e no seu Projeto Catarinense de Desenvolvimento (PCD), executado entre 1971 e 1975.

Prioriza-se a elaboração do documento, discutindo a cultura de planejamento que o engendrou, a situação econômica e social pela qual passava o país e a atuação de intelectuais e administradores nesse processo.

Assim, são priorizados não os resultados obtidos pela ação dos governos, que podem ser verificados a partir da leitura de uma extensa bibliografia, produzida principalmente sob a ótica da Economia, mas os discursos que se relacionavam com essas ações.

Pretende-se demonstrar de que forma vozes distintas ou até mesmo divergentes convergiam para a construção de um projeto de desenvolvimento que, naquele contexto, era compartilhado com otimismo por significativa parcela da população.

Esta pesquisa inicia com a análise da experiência brasileira de planejamento ao longo do século XX, discutindo a produção de uma cultura do planejamento tanto na ação estatal como nas representações da população em geral, destacando o período posterior ao golpe de 1964.

Nos dois primeiros capítulos discute-se de que forma a experiência de planejamento se desenvolveu em Santa Catarina, analisando os discursos em torno da modernização e do desenvolvimento elaborados por intelectuais catarinenses e pelo governo Colombo Salles.

O último capítulo centra-se na análise de documentos produzidos nos ciclos da Associação de Diplomados da Escola Superior de Guerra (ADESG), procurando traçar os diálogos entre esses documentos e aqueles produzidos pela administração Colombo Salles